Sabe qual drinque é a cara do Brasil? É a caipirinha! Feita com cachaça, bebida alcoólica produzida a partir do caldo de cana fermentado, ela é sucesso nacional. A receita original usa limão, mas já existem misturas com morango, kiwi, uva, maracujá, melancia, abacaxi e até mesmo pimenta.

Para garantir que ela é mesmo um patrimônio nacional, existe uma lei brasileira que estabelece o que é a caipirinha. O Decreto 6.971 de 4 de junho de 2009 institui que a bebida “com graduação alcoólica de 15% a 36% em volume, elaborada com cachaça, limão e açúcar, poderá ser denominada de caipirinha”. Então, caso seja feito com outra bebida, o drinque muda de nome. Por exemplo, com vodka vira “capiroska” e com saquê vira “caipisaquê”.

Origem

Existem muitas histórias para contar como surgiu o refrescante drinque. Alguns registros relatam que a ideia surgiu em Paraty, no Rio de Janeiro, a partir de um remédio caseiro para gripe espanhola, que misturava limão, alho, mel e um pouco de cachaça para acelerar o efeito.

Outros historiadores apontam que a caipirinha surgiu na região de Piracicaba, cidade no interior do estado de São Paulo, no século XIX. No período, fazendeiros serviam um drinque em suas festas, para substituir o uísque e o vinho.

A caipirinha também foi uma aliada da arte nacional. Na Semana de Arte Moderna de São Paulo, que aconteceu em 1922, ela foi utilizada e servida pelo escritor e dramaturgo Oswald de Andrade e pela artista plástica Tarsila do Amaral como uma forma de protesto contra a “europeização” dos gostos e dos hábitos brasileiros. A caipirinha ganhou fama no exterior também com a ajuda dos artistas, que foram morar em Paris e passaram a servi-la aos seus visitantes.

Tarsila, que queria ser a pintora do Brasil, inclusive tem um quadro com o nome da bebida. Ao enviar uma carta para sua família quando estava fora do País, ela escreveu “quero, na arte, ser a caipirinha de São Bernardo (onde a artista nasceu), brincando com bonecas de mato, como no último quadro que estou pintando”. O quadro era o “Caipirinha”.

Onde beber

É possível encontrar uma boa caipirinha em todo o Brasil. O limão e o açúcar podem até ser substituídos por outros tipos de frutas, mas a boa caipirinha tem de ter cachaça, produto também originalmente brasileiro.

Locais que produzem cachaças de qualidade são sinônimos de boas caipirinhas. Em Minas Gerais, algumas cidades são Betim, Ouro Preto e Tiradentes. Já no Rio de Janeiro, não se pode deixar de visitar Paraty, uma das cidades originárias da caipirinha.

As praias do Nordeste também são uma ótima opção para curtir lindas paisagens bebendo o drinque. Recife, Fortaleza e Salvador são ótimas opções de destino.

Receita de caipirinha

Ingredientes

– 1 limão taiti

– 2 colheres (de sobremesa) de açúcar

– Gelo

– Cachaça

– Modo de preparo

– Corte as pontas do limão

– Corte o limão ao meio

– Faça um corte em V e retire a parte central, pois ela faz a caipirinha adquirir um sabor amargo

– Corte o limão em pedaços menores

– Misture o limão e o açúcar em um copo

– Amasse suavemente a mistura com um pilão

– Acrescente o gelo

– Complete com a cachaça

” Embratur | Visit Brasil “

IDIOMA | LANGUAGE

24h LIVE STATS

  • 534,313
  • 1,917,552
  • 18,797
  • February 6, 2020
error: Content is protected !!